Carteirinha de Torcedor na grande sp é na CardPress!

Home / Carteirinha de Torcedor / Carteirinha de Torcedor na grande sp

 

Banner Crachá de Identificação - CardPress

O crachá de identificação gera mais valor para sua empresa, aumenta a segurança do ambiente e promove interação entre seus colaboradores e clientes, além da possibilidade de marcação de ponto eletrônico através das tecnologias disponíveis como código de barras, tarja magnética, aproximação (mifare, RFID...)


Quer uma estimativa de quanto custará seu projeto de cartões PVC?

 

Veja as ofertas que temos de Carteirinha de Torcedor na grande sp:

 

Você pode nos enviar pedidos conforme a sua necessidade, não é obrigatório enviar a quantidade total para produção.

Como comprar crachás em PVC

Como comprar crachás


Preencha os campos abaixo, e ligamos pra você:

 

Produtos relacionados

Carteirinha de Torcedor na grande sp. Aqui não tem depois...imprimimos seu projeto na hora!



Estados atendidos pela CardPress



Notícias da última hora:

    • 17/12/2018 02:30
      ES recebeu mais de 4 milhões de litros de produto para adulterar gasolina, aponta Operação Lídima
    • 17/12/2018 02:25
      Imagens e áudios mostram como quadrilha usou bombas e fuzis para invadir penitenciária e soltar presos no PR
    • 17/12/2018 02:22
      Troca de estátuas em cidade do Sergipe divide opinião de moradores
      Prefeito decidiu colocar na entrada da cidade a imagem da santa padroeira. Só que para isso tirou a estátua do bode, que é um patrimônio na região. Troca de estátuas em cidade do Sergipe divide opinião de moradores No interior de Sergipe, em Riachão do Dantas, um novo prefeito resolveu inovar e acabou mexendo num vespeiro. Ele decidiu colocar na entrada da cidade a imagem da santa padroeira. O problema é que, para isso, ele teve que tirar a estátua de uma celebridade local, estátua que já estava lá há 11 anos. O povo não gostou, não.
    • 17/12/2018 02:17
      Michael Bublé lança novo álbum com reinterpretações de grandes clássicos dos anos 50 e 60
      "Love" é o primeiro álbum lançado pelo canadense depois que, em 2016, o filho Noah foi diagnosticado com um tipo raríssimo de câncer de fígado. Michael Bublé lança novo álbum com reinterpretações de grandes clássicos dos anos 50 e 60 O novo trabalho de Michael Bublé, "Love", com reinterpretações de grandes clássicos dos anos 50 e 60, acaba de ser lançado e o Fantástico conversou com o canadense sobre o trabalho. TESTE: Michael Bublé já esteve na trilha sonora de várias novelas da Globo. Você sabe quais? Este é seu primeiro álbum depois que, em 2016, o filho Noah foi diagnosticado com um tipo raríssimo de câncer de fígado. Foram meses de quimioterapia e incertezas. Bublé se emociona ao contar como as famílias, dele e da mulher, se mobilizaram para ajudar. "Moramos na mesma casa durante um ano, todo mundo se uniu em torno do Noah. Larguei tudo para cuidar do meu filho, sem ter a menor ideia se eu voltaria a cantar um dia"
    • 17/12/2018 02:14
      João de Deus presta depoimento por 3h e rebate acusações; polícia deve ouvi-lo novamente
    • 17/12/2018 02:12
      Polícia prende quadrilha que vivia vida de luxo com golpe de adulteração de gasolina
      Combustível era batizado com substância que prejudica o motor do carro. Para se proteger, é bom evitar abastecer em postos que oferecem preços muito baratos. Polícia prende quadrilha que vivia vida de luxo com golpe de adulteração de gasolina Mansões com carros esportivos na garagem, um cofre com R$ 200 mil em dinheiro vivo. Um padrão de vida financiado por um golpe que prejudicava milhares de consumidores. Investigações da Polícia Civil do Espírito Santo descobriram uma quadrilha que batizava a gasolina com um subproduto do petróleo: a nafta. A quadrilha importava grandes quantidades da substância usando empresas de fachada, registradas como se fossem indústrias químicas. O Fantástico procurou sete dessas empresas nos endereços informados para a Receita Federal. Só encontrou algumas vaquinhas e galpões vazios.
    • 17/12/2018 02:08
      Caçadores usam permissão para abater javalis para matar espécies protegidas no RS
      Caça do javali só pode ser feita em locais onde o proprietário da terra autorize a entrada do caçador. Em estações ecológicas, de proteção ambiental, o abate não é permitido. Caçadores usam permissão para abater javalis para matar espécies protegidas no RS No Rio Grande do Sul, a investigação de um ambientalista revelou uma prática cruel. Caçadores com permissão para abater javalis, uma praga no campo, estavam se aproveitando dessa licença para matar espécies protegidas. Tudo era compartilhado em grupos de mensagens. O que eles não sabiam é que estavam sendo monitorados.
    • 17/12/2018 02:01
      Imposto de Renda 2018: Receita paga último lote de restituições nesta segunda
      Quem declarou e não estiver no último lote caiu na malha fina; 100.690 contribuintes serão contemplados nesse lote, totalizando mais de R$ 193 milhões. A Secretaria da Receita Federal paga nesta segunda-feira (17) as restituições referentes ao último lote do Imposto de Renda de Pessoas Físicas de 2018. Este lote também inclui restituições residuais de 2008 a 2017. As consultas foram liberadas no último dia 10. Quem não aparecer em um dos sete lotes regulares do IR está automaticamente na malha fina do Leão. Caiu na malha fina do IR 2018? Veja o que fazer Ao todo, serão pagos mais de R$ 319 milhões a 151.248 contribuintes no dia 17 de dezembro. Desse total, R$ 193 milhões referem-se ao sétimo lote do IR de 2018, que contemplará 100.690 contribuintes. Do valor total de restituições, a Receita Federal informou que R$ 127 milhões referem-se aos contribuintes idosos, com mais de 60 anos, ou com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave, além daqueles cuja maior de renda seja o magistério. Depois dos idosos, contribuintes com deficiência física, mental, moléstia grave ou cuja principal fonte de renda seja o magistério, que têm prioridade no recebimento das restituições, recebem os contribuintes que enviaram a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, se tiverem direito a ela. A Receita Federal recebeu 29.269.987 declarações do Imposto de Renda dentro do prazo legal neste ano, número acima da expectativa inicial de receber 28,8 milhões de declarações em 2018. 628 mil contribuintes na malha fina A Receita Federal informou que 628 mil contribuintes tiveram suas declarações do Imposto de Renda de 2018 retidas na chamada "malha fina" devido a inconsistências nas informações prestadas. Quando entram na malha fina, as declarações dos contribuintes ficam retidas para verificação de pendências e eventual correção dos erros. As restituições são pagas somente após a questão ter sido resolvida. Para saber se está na malha fina, os contribuintes podem acessar o "extrato" do Imposto de Renda no site da Receita Federal no chamado e-CAC (Centro Virtual de Atendimento). Para acessar o extrato do IR é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal, ou certificado digital emitido por autoridade habilitada. Veja o passo a passo do extrato do IR Após verificar quais inconsistências foram encontradas pela Receita Federal na declaração do Imposto de Renda, o contribuinte pode enviar uma declaração retificadora. Quando a situação for resolvida, o contribuinte sai da malha fina e, caso tenha direito, a restituição será incluída nos lotes residuais do Imposto de Renda.
    • 17/12/2018 01:59
      'Passamos bastante frio', conta sobrevivente de queda de avião em Mato Grosso
      Eles passaram 5 dias desaparecidos na mata e tiveram até que beber a própria urina. Fantástico foi ao local do acidente, na Serra do Mangaval. 'Passamos bastante frio', conta sobrevivente de queda de avião em Mato Grosso Era o quinto dia de buscas pelo avião que tinha desaparecido numa região montanhosa do Mato Grosso, quando a missão foi cumprida. John Cleiton Venera pilotava o avião e Marcelo Balestrin estava de carona. Sexta-feira, dia 30, pela manhã, eles tinham saído de Pimenta Bueno, em Rondônia. Iam até Santo Antônio do Leverger, Mato Grosso, perto de Cáceres. O avião ia ser vistoriado para renovar a licença. O avião parou a 140 metros do início do local da queda. Os dois, com as pernas quebradas, não conseguiam se locomover. Eles tinham duas garrafas d'água e foram bebendo, até que isso acabou. Ainda conseguiram juntar um pouco de água da chuva, mas depois o tempo abriu, e essa água também terminou. Os dois chegaram a beber a própria urina para não morrer de sede. O Fantástico foi ao local do acidente, na Serra do Mangaval, acompanhando o dono do avião e o pessoal da seguradora da aeronave. As causas do acidente estão sendo investigadas.
    • 17/12/2018 01:56
      Ritual do povo aborígene usa fogo para evitar incêndios na Austrália
      Savanas que seriam estopim de um possível desastre ecológico se vão. Muitas plantas precisam de fogo para germinar e crescer. Ritual do povo aborígene usa fogo para evitar incêndios na Austrália Há pelo menos 50 mil anos, o homem tenta convencer a natureza a atender seus pedidos. Nessa jornada de convivência tão imprevisível, os erros viram aprendizado e os acertos atravessam as gerações com a força dos rituais. Na Austrália, é com fogo que o povo aborígene cultua a natureza que o alimenta. Na cerimônia da coruja-da-noite, as crianças fogem de um espirito indígena que não pode ser contrariado -ou vai destruir a terra e os animais da região. E, seguindo o que talvez seja um dos mais antigos rituais humanos, ele protege a natureza com fogo. É que, na estação seca, a vegetação fica vulnerável a incêndios que se espalham e destroem fauna e flora. Então, o ritual coordena uma série de pequenos incêndios estratégicos. As savanas que seriam estopim de um possível desastre ecológico se vão e os aborígenes provam que já sabiam o que a ciência descobriu não muito tempo atrás: muitas plantas precisam de fogo para germinar e crescer.