Crachá Identificação em Jardinópolis SP é na CardPress!

Home / Crachá Identificação / Crachá Identificação em Jardinópolis SP

 

Banner Crachá de Identificação - CardPress

O crachá de identificação gera mais valor para sua empresa, aumenta a segurança do ambiente e promove interação entre seus colaboradores e clientes, além da possibilidade de marcação de ponto eletrônico através das tecnologias disponíveis como código de barras, tarja magnética, aproximação (mifare, RFID...)

Para compras acima de R$ 100,00 o frete é por nossa conta. Aproveite!

Quer uma estimativa de quanto custará seu projeto de cartões PVC?

 

Veja as ofertas que temos de Crachá Identificação em Jardinópolis SP:

 

Você pode nos enviar pedidos conforme a sua necessidade, não é obrigatório enviar a quantidade total para produção.

Como comprar crachás em PVC

Como comprar crachás


Preencha os campos abaixo, e ligamos pra você:

 

Produtos relacionados

Crachá Identificação em Jardinópolis SP. Atendimento diferenciado.



Estados atendidos pela CardPress



Notícias da última hora:

    • 22 Apr 2018 00:52
      Acidente no Alto da Boavista deixa morto e feridos no Rio
      Caminhão e ônibus colidiram e acidente deixou mais de 10 feridos. Local será submetido a perícia neste sábado (21). Uma pessoa morreu e 14 ficaram feridas em um acidente entre um ônibus e um caminhão na Estrada de Furnas, na altura do número 3.700. Por causa da colisão, o trânsito foi interditado parcialmente e funcionava no esquema de ?pare e siga?. De acordo com informações do Centro de Operações da Prefeitura, quatro vítimas foram levadas para o hospital Miguel Couto, na Gávea, Zona Sul. Duas vítimas estavam em estado grave, ainda segundo o COR. Outras seis pessoas foram encaminhadas para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. O corpo da pessoa que morreu permanecia no local, por volta das 21h30, para ser submetido a perícia.
    • 21 Apr 2018 21:49
      Morre, aos 89 anos, o cineasta Nelson Pereira dos Santos
      Cineasta era considerado um dos precursores do Cinema Novo. Em 2006, foi eleito para a Academia Brasileira de Letras.   Morreu, neste sábado (21), no Rio, aos 89 anos, um dos maiores cineastas brasileiros, Nelson Pereira dos Santosx. Ele foi pioneiro do Cinema Novo no Brasil. Nelson Pereira dos Santos deu entrada no Hospital Samaritano, na Zona Sul do Rio, no meio da semana passada, com pneumonia. Ele foi diagnosticado com câncer no fígado. Um câncer muito agressivo, que já estava num estágio avançado. Neste sábado, às 17h, a família confirmou a morte do cineasta. O corpo de Nelson Pereira dos Santos vai ser velado na sede Academia Brasileira de Letras, no Centro do Rio, e enterrado no Cemitério São João Batista. É, basicamente, uma questão de escolha. O lugar onde o olhar se demora. Os detalhes que ele procura. As imagens que ele guarda. E desde muito cedo ele fez questão de mostrar para onde apontava o seu olhar. Pode-se dizer que sua grande lente aberta enxergava o Brasil. Mas fechando o foco o que ele mostrava em detalhes era nossa gente. Um processo que começou na década de 50. Quando o jovem paulista, diplomado em cinema na França, veio ao Rio de Janeiro mostrar em preto e branco a pobreza dos morros cariocas. Rio 40 graus conta a história de cinco meninos pobres que correm a cidade vendendo amendoim. Foi um marco do cinema novo, mas o chefe da segurança pública da época viu e não gostou. Censurou o filme dizendo, entre outras coisas, que ele tinha uma mentira térmica: nunca fez 40º no Rio. Mas não havia censura capaz de impedi-lo de cumprir o seu destino. Aliás, diga-se que Nelson Pereira do Santos foi um predestinado. Ainda pequeno de colo, era levado pelos pais todo domingo para ver filmes no cinema. A mãe carregava mamadeira para as sessões. O menino cresceu lendo a nossa literatura: Jorge Amado, Guimarães Rosa, Machado de Assis, Graciliano Ramos. Aquelas histórias formaram imagens que Nelson nunca mais esqueceu. E assim que pôde correu atrás de cada uma delas. De Amado, a Tenda dos Milagres. De Graciliano, Vidas Secas. Na década de 70, roda uma mistura de aventura e comédia. "Como era gostoso o meu Francês" levou 800 mil espectadores às salas de cinema. Em 1984, mais um flerte literário, Nelson Pereira dos Santos volta a rodar um filme inspirado em Graciliano Ramos: Memórias do Cárcere. ?Eu acho que o Graciliano, para mim, não somente para mim, mas para todos os brasileiros da minha geração, é um grande pai cultural. É um homem que deixou na sua obra um caminho que deve ser percorrido. Essa relação com a realidade social e humana que existe no Brasil?, disse o cineasta na época. Em 2006, Nelson Pereira dos Santos foi eleito para a Academia Brasileira de Letras. O primeiro cineasta entre os imortais. Ocupou a cadeira que tem como patrono Castro Alves. Mas ainda tinha outra paixão: a música. A música brasileira. Um dos últimos filmes de Nelson foi lançado em 2011: ?a música segundo Tom Jobim?. ?O Nelson era um grande contador de histórias, talvez um dos maiores do cinema brasileiro e um dos maiores do cinema. Ele tinha um afeto e, ao mesmo tempo, um rigor com seus personagens que fazia com que os filmes dele fossem muito únicos?, destaca Bruno Barreto, cineasta. ?Ele tinha essa visão de um homem que amava o Brasil, que amava essa terra, como poucos. E amor ao povo brasileiro, que é um povo trabalhador, esforçado, que luta todo dia. E eu acho que é isso que está nos filmes dele, esse amor que ele tem pelo país, esse amor que ele tem pela nossa gente?, comenta Ney Sant'anna, ator e filho do Nelson. ?O que eu espero é viver metade da vida que ele viveu, assim. O meu avô foi uma presença muito importante na minha vida, não só como figura pública e tal. A coisa de descobrir que o meu avô é um grande cineasta, mas ele foi um super avô? conta Mila Chaseliov, neta de Nelson. Patrono do cinema, amigo querido, pai dedicado, avô exemplar. Se a vida passa depressa como um curta metragem quantos protagonistas um homem é capaz de ser? ?O Nelson inventou uma maneira de fazer cinema no brasil. Todo o cinema moderno brasileiro foi inventado por ele. Ele foi o primeiro a filmar a favela como um tema nobre. Ele foi o primeiro a fazer cenas na rua, como a gente precisava conhecer o Brasil. Ele inventou um cinema para o país e o país coube dentro do cinema dele. A única coisa que me dá uma certa esperança é que o Nelson é uma chama que não se apaga?, afirma Cacá Diegues.
    • 22 Apr 2018 00:49
      VÍDEOS: JAM 1 deste sábado, 21 de abril de 2018
    • 22 Apr 2018 00:49
      VÍDEOS: Jornal da Tribuna 2ª Edição de sábado, 21 de abril
    • 21 Apr 2018 21:45
      Copa do Mundo impulsiona venda de aparelhos de TV no Brasil
      Nos primeiros dois meses de 2018, produção de eletrodomésticos da linha marrom aumentou 45% na comparação com 1º bimestre de 2017.   A Copa do Mundo, em junho, na Rússia, está impulsionando a venda de aparelhos de TV no Brasil. Elas estão cada vez mais sedutoras, maiores, mais tecnológicas, com imagens mais reais. Estão saindo mais rápido das prateleiras das lojas também. A procura por uma imagem mais nítida, de alta resolução, e de preferência em uma tela grande, tem a ver com a grande paixão do brasileiro: o futebol. Em ano de Copa do Mundo, quem vai torcer da sala de casa não quer perder nenhum detalhe do que vai acontecer lá na Rússia. É por isso que, no Brasil, as vendas de TVs já cresceram 22% nos primeiros dois meses de 2018 na comparação com o mesmo período de 2017. A engenheira Júlia Guerreiro já está organizando a torcida para os jogos lá na casa dela e estrela vai ser uma TV de 55 polegadas novinha em folha: ?Com uma televisão maior, a gente consegue reunir a galera toda na sala e comemorar junto. Muito grito, os vizinhos vão ficar doidos com a gente?. O desligamento do sinal analógico e a retomada do crédito também impulsionam as vendas. Mas o fator Copa do Mundo está levando o consumidor a antecipar as compras. ?Normalmente o segundo semestre concentra 60% das vendas, enquanto o primeiro concentra 40%. Em ano de Copa isso se inverte: 60% do volume de TVs vendidas fica no primeiro trimestre e 40% no segundo?, destaca Gisela Pougy, diretora de empresa de pesquisa de mercado. Em ano de Copa, as fábricas aceleram o ritmo. Nos primeiros dois meses de 2018, a produção de eletrodomésticos da linha marrom, que inclui os aparelhos de TV, aumentou 45% na comparação com o primeiro bimestre de 2017. Na casa do cantor Mário Moraes, ano de Copa é ano de TV nova: ?A ideia de trocar de TV começou em 2014, na Copa do Brasil, quando a gente tinha uma TV menor. Aí a gente falou: ?A Copa é no Brasil, a gente tem que ter um pouco mais de qualidade?. E compramos uma de 32 polegadas?, conta. Dessa vez, a TV de 32 polegadas foi substituída por outra, com quase o dobro do tamanho, cheia de recursos e imagem de alta definição. ?Espero que a TV maior, com melhor qualidade, traga também maior sorte para a seleção?, diz Mário. O investimento todo se paga sabe como? Com muitos gols da seleção.
    • 22 Apr 2018 00:45
      Apresentação da Esquadrilha da Fumaça reúne multidão em Florianópolis
    • 22 Apr 2018 00:40
      Morre no Japão a pessoa mais velha do mundo, aos 117 anos
      Nabi Tajima tinha mais de 160 descendentes, incluindo tataranetos, e há 7 meses era considerada a mulher com mais tempo de vida no planeta. Nabi Tajima, considerada a mulher mais velha do mundo, morreu aos 117 anos em um hospital na cidade japonesa de Kikai, neste sábado (21). Ela estava hospitalizada desde janeiro. Aos 119 anos, moradora de Presidente Prudente pode ser a pessoa mais velha do mundo Ela nasceu em agosto de 1900 e, segundo relatos, tinha mais de 160 descendentes, incluindo tataranetos. Ela vigveu em Kikai, um distrito de Kyushu, ao sul das quatro principais ilhas do Japão. Nabi havia se tornado a mulher mais velha do mundo há sete meses, após a morte do jamaicano Violet Brown, também aos 117 anos. O Grupo de Pesquisas de Geriatria, dos Estados Unidos, disse que outra mulher japonesa, Chiyo Yoshida, agora é a mais velha do mundo, aos 116 anos.
    • 22 Apr 2018 00:32
      Homem morre ao bater moto em muro após perseguição da PM na BR-101 em SC
      Acidente seguido de morte foi em Balneário Camboriú, neste sábado (21). Em Balneário Camboriú, no Litoral Norte, um motociclista morreu na BR-101, na tarde deste sábado (21). Ele estava fugindo da Polícia Militar depois de uma abordagem por uma denúncia de tráfico de drogas e armas e acabou batendo numa mureta, como mostrou o NSC Notícias. Uma mulher que seria namorada dele estava na carona e teve ferimentos leves. O motociclista tinha passagens pela polícia, disse a PM. Conforme os militares, foi recebida uma denúncia de que haveria uma venda de drogas e armas no pátio de um posto às margens da BR-101 e que o suspeito estaria numa motocicleta dourada. Os policiais então tentaram abordá-lo e ele fugiu. A polícia disse que, depois de jogar objetos na viatura, o condutor da moto sacou um revólver calibre 22 e atirou num soldado e perdeu o controle, batendo em seguida. Ele morreu na hora. A mulher na carona tentou fugir, mas foi impedida por um homem de uma empresa de escolta. Ela estava com um ferimento no braço e recebu atendimento médico. Depois, disse à PM que seu namorado entregaria uma arma a um amigo no posto.
    • 22 Apr 2018 00:32
      Mulher morre em acidente na Zona Sul de Porto Alegre
    • 21 Apr 2018 21:25
      Arauto já está pronto para anunciar chegada de bebê da realeza britânica
      Aos 82 anos, Tony Appleton mantém a tradição de anunciar acontecimentos da família real e está ansioso pela chegada do 3ª filho do príncipe William.   Pode nascer a qualquer momento o terceiro filho do Príncipe Williamx. O Duque de Cambridge é o segundo na sucessão do trono britânico. Mas quem está muito ansioso com a chegada do bebê é um fã da monarquia que virou celebridade. O britânico com roupa de astronauta americano vive no mundo da monarquia. Tony Appleton coleciona tudo quanto é penduricalho da família real. O monarquista não vê a hora de o bebê real nascer para que ele vire notícia. Tony apareceu sem ser convidado no nascimento do príncipe George, há quase cinco anos. Todos acharam que ele fosse um arauto real - um mensageiro do Palácio de Buckingham. As boas-vindas ao futuro rei britânico renderam aparições em primeiras páginas. Mas os americanos se apressaram em dizer que Tony era fake: ?o arauto não era oficial?. O mensageiro ficou irritado. Disse que não tem nada de falso ?eu sou real, garotão?. Ele conta que é o arauto oficial de duas cidades e que a roupa foi feita pelo alfaiate da realeza, custando o equivalente a quase R$ 30 mil. Tony explica que a profissão chegou na Inglaterrax em 1066. Os arautos iam de vilarejo em vilarejo anunciando nascimentos, execuções e casamentos. A maioria da população não sabia ler e precisava ouvir. É isso que significa ?oyez? - em francês: ?ouçam, ouçam, ouçam?. Oficial ou extraoficial, Tony já era ansiosamente aguardado no nascimento da princesa Charlotte, em 2015. A imprensa não escuta o choro do bebê real, mas ouve o berro de Tony. Ele ensina que, para ser poderosa, a voz tem que vir do estômago. O arauto de 82 anos grita embaixo d?água durante a natação diária e no chuveiro. Perguntado se o vizinho gosta do exercício, Tony respondeu que ele pode vir a bater na porta. O arauto já está com tudo preparado: basta pegar um táxi e aparecer para o mundo. Tony é fã de rainhas e reis e, parafraseando Elvis Presley, ele diz que o nascimento do bebê é para ?agora ou nunca?.
    • 21 Apr 2018 21:23
      Alunos inventam composto que substitui descarga no vaso sanitário
      Turma de escola pública do DF com alunos de 11 e 12 anos desenvolveu composto com a professora. DF enfrenta pior crise hídrica da história.   Brasília enfrenta a pior seca da história, mas estudantes de uma escola pública do Distrito Federalx inventaram uma fórmula que pode ajudar os moradores a poupar água. ?Essa é a nossa poção mágica?, conta Giovanna Cecília Alves, de 11 anos. O sorriso da Giovana é de entusiasmo; e ela não está nessa sozinha. A turma dela da escola, de 11 e 12 anos, desenvolveu junto com a professora um composto líquido que substitui a descarga no vaso sanitário. Ou seja, não é preciso gastar água. Uma fórmula para enfrentar a pior crise hídrica da história do Distrito Federal. ?Foram seis meses de pesquisa para chegarmos a quatro produtos: o ácido cítrico, que elimina totalmente as bactérias, o sal quaternário de amônio, que serve para retirar o cheiro. Nós colocamos também uma essência com cheiro de flor e um corante azul, para deixar a água azulzinha?, explica a professora de química Nelikim Pelizer. ?Parece com produto de limpeza?, diz a estudante Lauany Araújo, de 13 anos. O produto foi criado na escola do Sesi e batizado pelos estudantes de Pipi. Mas não é assim que se escreve não. É ? ?, o (Pi) é aquela letra do alfabeto grego usada na matemática, que corresponde ao valor de 3,14, exatamente o que custa para fabricar um litro do produto. Em casa, na escola, os alunos adaptam os dispensadores de sabonete líquido, que se vê muito em banheiro público, colocam o produto dentro e ligam o líquido ao vaso por uma mangueirinha. Aí, é só apertar e mais nada. A descarga é deixada de lado. O Pipi pode ser usado até 33 vezes para, aí sim, a pessoa precisar de uma descarga. Você consegue imaginar essa economia? Uma descarga leva embora, pelo menos, seis litros de água, então, faça as contas: numa família com quatro pessoas, em que cada um use a descarga seis vezes ao dia, no fim do mês a economia média pode chegar a surpreendentes 4.320 litros. ?Nós tivemos um estudo da Universidade de Brasíliax, onde ficou comprovado que uma família média pode economizar até R$ 354 em um ano?, afirma o professor Alberto Roquete. Vestidos de super-heróis, eles andam pela cidade para apresentar a invenção aos moradores, que ficam impressionados. ?É nessa educação que eu acredito: fazer a diferença. Ganhar, conquistar! Porque o mundo é deles?, diz Elisângela Machado, diretora da escola ?Como um super-herói, eu me sinto salvando o mundo. Porque a água potável é um bem finito, ela pode acabar um dia?, afirma Igor Souza, de 12 anos.
    • 22 Apr 2018 00:17
      Concurso de dança e karaokê são atrações de encontro de fãs de k-pop em Macapá
    • 22 Apr 2018 00:17
      AM registra 19 casos de síndrome respiratória aguda grave no 1º trimestre de 2018, diz FVS
    • 21 Apr 2018 21:15
      Caatinga vira berçário de pássaros com volta da chuva após anos de seca
      Depois de seis anos de seca, a volta da chuva encheu o sertão nordestino de vida. A caatinga virou um berçário para várias espécies de pássaros.   A água trouxe a vida de volta ao sertão nordestino. Depois de seis anos de seca, a chuva transformou a caatinga em um berçário para várias espécies de pássaros. No céu, no chão, nas árvores, por todo lado. Quando chove, começa um espetáculo na caatinga. As aves parecem festejar os tempos de fartura depois de seis anos de seca. No sertão de Pernambucox, imensas áreas alagadas atraem patos e mergulhões que andavam sumidos. O barulho e o movimento na mata sinalizam que esta é a temporada da vida. Quando a caatinga renasce, o instinto dos animais avisa que está na hora de se reproduzir. ?Os animais precisam de hormônios. Esses hormônios são conseguidos a partir de itens alimentares. Então, as chuvas fazem com que apareçam os alimentos e, consequentemente, comece o ciclo reprodutivo?, destaca Severino Mendes Júnior, ornitólogo.   As garças instalaram a maternidade gigante ao lado do açude que voltou a encher. É a garantia de água e alimento para os filhotes. As aves estão por toda arte. Em cada árvore, dezenas de ninhos. A reprodução também acontece de forma silenciosa e solitária. Uma ave construiu o ninho nos galhos do chique-chique para os espinhos servirem de proteção contra os predadores. Cada espécie tem a sua arquitetura. Até o papagaio, a ave mais perseguida pelos caçadores de animais silvestres, está aumentando a família. A mãe fez o ninho dentro de uma árvore oca enquanto o pai fica de vigília do lado de fora.  ?Os animais, eles precisam usar este período de forma inteligente e rápida para poder conseguir perpetuar a sua espécie?, comenta o biólogo Yuri Valença O desafio para reproduzir o papagaio verdadeiro conta com um reforço importante. Quase 200 foram soltos no sertão nos últimos três anos pela Companhia Pernambucana do Meio Ambiente. Eles foram salvos do comércio criminoso e diariamente são alimentados com um banquete de frutas. Os papagaios estão em plena temporada de namoro e isso dá um apetite. Em uma área preservada em Salgueirox, no sertão de Pernambuco, consegue-se ver alguns casais. Uma cena cada vez mais rara na caatinga. As visitas ao bandejão estão menos concorridas. É que agora a caatinga oferece um cardápio de frutas e sementes que os papagaios e passarinhos adoram. ?Quem é que não fica feliz? Do jeito que estava a caatinga e agora enverdeceu tudo, tanto a pessoa se anima quanto os passarinhos também?, conta Cosme João da Silva, agricultor. Os casais preferem comer e ficar na mata, onde podem namorar à vontade. É amor para vida inteira. Os papagaios são monogâmicos, só tem um parceiro para sempre.  O reforço no café da manhã continua para quem aparecer. Até o mocó se junta aos pássaros. É uma festa! A caatinga é cheia de vida que aguarda o momento certo para despertar.
    • 22 Apr 2018 00:10
      VÍDEOS: JA 2ª Edição de sábado, 21 de abril
    • 22 Apr 2018 00:09
      Milhares de húngaros voltam a protestar contra primeiro-ministro
    • 21 Apr 2018 21:08
      Padrasto de menino achado morto em freezer é preso por tráfico em SP
      Corpo de Ezra foi encontrado em setembro de 2015, dentro de freezer. Na época, Justiça entendeu que ele não teve participação na morte do menino.   A polícia prendeu, em São Paulox, o padrasto de um menino que foi achado morto dentro de um freezer, em 2015. Desta vez, a acusação contra ele é de tráfico de drogas. Policiais militares faziam um patrulhamento de rotina no Centro de São Paulo. Ao revistar três homens, encontraram drogas. Um deles escondia na cueca 60 embalagens com cocaína. Na delegacia, o suspeito que levava a droga foi reconhecido. Era o tanzaniano Mzee Shabani, envolvido num crime de repercussão internacional. Ele era padrasto de Ezra Liam Joshua Finck, um menino de sete anos, morto a facadas dentro de casa pela própria mãe, a sul-africana, Lee Ann Finck. ?Ele confessou a participação na ocultação do cadáver,  isso baseado em reportagem da época. Hoje, na detenção feita desse individuo feita pelos policias militares, ele não quis comentar sobre o caso", conta aspirante oficial Brustolin, Polícia Militar. Imagens da câmera de vigilância do prédio onde a família morava, no Centro de São Paulo, gravaram o padrasto carregando o freezer para o apartamento. O corpo de Ezra foi encontrado no dia 4 de setembro de 2015, dentro de um freezer. Lee Ann Finck e Mzee Shabani já tinham deixado o Brasil pelo Aeroporto de Guarulhos. Eles foram presos cinco meses depois na Tanzânia e mandados de volta ao Brasil. À Justiça, a mãe confessou o crime. Ela disse à juíza: "Ezra não cumpria as tarefas de casa e se recusava a comer". Na época, Mzee Shabani foi indiciado pelo homicídio, mas a Justiça entendeu que ele não teve participação na morte do menino. Shabani foi denunciado por ocultação de cadáver e recebeu o direito de aguardar o julgamento em liberdade. Agora, por ter sido preso em flagrante por tráfico, o tanzaniano passou por uma audiência de custódia. A Justiça decretou a prisão preventiva dele. Mzee foi levado para um presídio. A mulher dele, Lee Ann Finck está presa. Em novembro do ano passado, a Justiça decidiu que ela vai à júri popular.
    • 22 Apr 2018 00:05
      Evento beneficente com Padre Reginaldo Manzotti emociona fiéis na Zona Sul do Recife
      A 5ª edição do "Evangelizar é Preciso" levou uma multidão para a Praia do Pina neste sábado (21). Evento beneficente com Padre Reginaldo Manzotti reúne multidão de fiéis na Praia do Pina A Praia do Pina, na Zona Sul do Recife, recebeu uma multidão neste sábado (14) durante a realização do ?Evangelizar é Preciso?. A 5ª edição do evento beneficente, que arrecada recursos para o centro de reabilitação para dependentes químicos Fazenda da Esperança, em Jaboatão dos Guararapes, teve como destaque o show do Padre Reginaldo Manzotti e emocionou o público, composto de fiéis de várias localidades de Pernambuco. (Veja vídeo acima) A professora Isabel Braga saiu de Buenos Aires, na Zona da Mata Norte do estado, para acompanhar o evento. "Eu tenho muita fé nas orações do Padre Reginaldo Manzotti. Graças a Deus, eu alcancei uma graça. Tinha um tumor no seio e os médicos diziam que era câncer, mas eu fui rezando o terço do padre todos os dias e fui curada", conta. O público rezou e cantou durante as apresentações no palco. Padrinho do evento católico, o Padre Reginaldo Manzotti lançou o CD ?A mão de Deus? na ocasião e falou sobre os milagres promovidos pela fé. "As pessoas ficam emocionadas rezando e cantando porque o nosso Deus cura as feridas e transforma vidas", ressaltou. O arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, lembrou a importância do evento. "Esse evento compromete às pessoas com uma missão. Toda reflexão que foi feita foi para que as pessoas se sintam motivadas ao compromisso com a fé. Além disso, estamos contribuindo com uma causa social muito bonita, que é a Fazenda da Esperança", afirmou. A quantia arrecadada com a venda de camisas ao valor de R$ 20 cada vai ser destinado ao centro inaugurado no dia 1º de março, mas que ainda tem algumas áreaas em construção. Com o montante, será possível construir quadras poliesportivas, oficinas, refeitórios, capela, auditório para encontros e locais para convivência do reeducando com seus familiares.
    • 21 Apr 2018 21:01
      Jornal Nacional - 21/04/2018
    • 21 Apr 2018 21:01
      Dono de construtora diz à PF que repassou R$ 35 milhões a Aécio
      Um dos donos da Andrade Gutierrez confirma repasse por meio de contrato fraudulento. Senador do PSDB nega.   O senador Aécio Nevesx, do PSDB, que virou réu no Supremo, essa semana, foi alvo de mais uma acusação. Agora, um dos donos da Andrade Gutierrez disse em depoimento à Polícia Federal que fez pagamentos milionários a Aécio Neves usando um contrato fraudulento com a empresa de um amigo do senador. O depoimento de Sérgio Andrade reforça as suspeitas que pesam sobre o senador Aécio Neves do PSDB.  A informação foi revelada pelo jornal O Globo deste sábado (21). Sérgio Andrade, um dos donos da Andrade Gutierrez prestou depoimento aos investigadores e falou sobre um contrato de R$ 35 milhões. Ele confirmou que o contrato firmado em 2010 entre a construtora e uma empresa de um amigo de Aécio Neves, do PSDB, tinha como objetivo fazer com que esse recurso chegasse ao senador. Sérgio Andrade foi ouvido no inquérito que apura se Aécio recebeu dinheiro da construtora Andrade Gutierrez e da Odebrecht para beneficiar as empresas na construção da usina de Santo Antônio, no Rio Madeira, em Rondônia.  De acordo com as investigações, as empresas sabiam que existia um pedido de dinheiro para a campanha de Aécio Neves relacionado à essa obra.  Sérgio Andrade disse que o ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, avisou a ele do compromisso assumido e que Aécio Neves o procuraria para confirmar os pagamentos. E que Aécio realmente entrou em contato. No depoimento, Sérgio Andrade disse ainda que os pagamentos ao senador Aécio foram feitos com base em um contrato fraudulento com a empresa de Alexandre Accioly, amigo de Aécio. O empresário Accioly depôs, na semana passada, à Polícia Federal, neste inquérito. A informação foi revelada pelo blog da jornalista Andréia Sadi. À polícia, Accioly confirmou o repasse, mas negou se tratar de propina. Disse se tratar de investimento da Andrade Gutierrez na rede de academias dele. O empresário Joesley Batista, um dos donos da J&F, também prestou depoimento esta semana e disse ter repassado R$ 110 milhões a Aécio. Na delação, Joesley já tinha dito, como o Jornal Nacional noticiou na sexta (20), que esse valor foi pedido por Aécio para ser dividido entre os partidos que apoiavam o candidato do PSDB na campanha para presidente nas eleições de 2014. Joesley entregou aos investigadores uma planilha com uma relação das doações e também notas fiscais e recibos para comprovar os pagamentos. O executivo da J&F, Ricardo Saud, também disse na delação que o dinheiro era para garantir o apoio ao senador tucano, na campanha presidencial de 2014: ?só que para ganhar a eleição eles precisavam comprar os partidos. Essas vendas eram feitas, uma parte em dinheiro e a outra com promessa de ministério ou cargo no governo?. Joesley contou ainda que, mesmo após o acerto dos R$ 110 milhões, foi procurado novamente por Aécio, que pediu mais dinheiro. A eleição já tinha acabado. Mas, segundo Joesley, Aécio precisava pagar dívidas de campanha. Para mascarar a transação, eles discutiram a compra de um prédio em Belo Horizonte. Joesley deu detalhes sobre esse pedido de Aécio na delação premiada: ?em 2015, ele seguiu precisando de dinheiro, eu acabei através da compra de um prédio, predinho, não sei, não sei como lá em Belo Horizonte, por R$ 17 milhões, esse dinheiro chegou nas mãos dele. Aí depois no ano seguinte, em 2016.... Ele dizendo que esses 17 milhões era para pagar restos de campanha e tal?. Joesley também revelou, que em 2016, Aécio pediu mais R$ 5 milhões, mas o empresário não deu: ?e aí quando foi em 2016 um dia na casa dele ele me pediu R$ 5 milhões lá e eu não dei. E logo começou as investigações em cima de mim. E eu até chamei esse amigo dele, o Flávio, e pedi para o Flávio pedir a ele pelo amor de deus parar de me pedir dinheiro porque eu já tava sendo investigado?. A defesa de Aécio Neves declarou que o senador jamais tratou de qualquer assunto indevido com Sérgio Andrade, e que não teve participação no leilão e na construção da usina de Santo Antônio. Disse ainda que a campanha eleitoral do senador, em 2010, não recebeu nenhum recurso de caixa dois. A defesa de Aécio Neves afirmou também que as declarações de Joesley Batista e de Ricardo Saud são falsas e absurdas, que não existe prova das acusações. E que os R$ 110 milhões de reais citados por Joesley são doações oficiais de campanha feitas ao PSDB e a outros 12 partidos, e devidamente registradas na Justiça Eleitoral. Sobre a compra de um prédio em Belo Horizonte, o senador Aécio Neves afirma que não tem nenhuma relação com o negócio, e que isso será demonstrado na Justiça.  O senador disse ainda, que em toda a sua vida pública não existe um único ato em benefício do grupo JBS.  E que "ele jamais fez qualquer promessa, assim como jamais participou de qualquer reunião com o delator Ricardo Saud". A assessoria da J&F afirmou que todos os fatos apontados na colaboração premiada dos executivos da empresa foram corroborados por provas, inclusive colhidas durante ação controlada, requerida pela Procuradoria Geral da República e autorizada pelo Supremo Tribunal Federal. A Andrade Gutierrez e o empresário Sérgio Andrade não quiseram comentar, sob a alegação de que a investigação está sob sigilo. A Odebrecht disse que já reconheceu seus erros e que está colaborando com a Justiça. O empresário Alexandre Accioly afirmou que a Andrade Gutierrez tem participação minoritária em sua empresa e que ela jamais distribuiu dividendos, pois os resultados continuam sendo investidos na companhia. Flávio, citado por Joesley no depoimento, é Flávio Jacques Carneiro. Em nota, Flávio disse que a alegação contra ele não é verdadeira. E que todas as informações serão prestadas no momento oportuno. O PSDB disse que o senador Aécio Neves está dando esclarecimentos sobre o assunto e caberá à Justiça julgá-lo, após o exame aprofundado dos fatos.
    • 22 Apr 2018 00:00
      Policial militar preso diz que foi coagido a incriminar delegados e deputado no Maranhão
    • 21 Apr 2018 23:55
      Motociclista morre após bater em carro oficial dirigido por prefeito de Ilhota
    • 21 Apr 2018 23:52
      Filhote de cachorro é resgatado após ficar preso em tubulação, em Manaus
    • 21 Apr 2018 23:40
      VIDEOS: MG2 TV Integração Zona da Mata de sábado, 21 de abril  
    • 21 Apr 2018 23:35
      Pais lutam por cirurgia para bebê de 2 meses com doença grave, em Goiás
    • 21 Apr 2018 23:33
      VÍDEOS: MG2 de sábado, 21 de abril
    • 21 Apr 2018 23:33
      VÍDEOS: TEM Notícias 2ª edição de Sorocaba e Jundiaí deste sábado, 21 de abril
    • 21 Apr 2018 23:32
      Simone se apresenta sozinha na terceira noite da Expoaraxá 2018
    • 21 Apr 2018 23:32
      VÍDEOS: SE2 deste sábado, 21 de abril
    • 21 Apr 2018 23:31
      Vazamento faz água invadir vitrine de loja de shopping na Zona Sul do Recife; veja vídeo
    • 21 Apr 2018 23:30
      Mulher fica ferida durante manobra em evento no interior de SP; vídeo
    • 21 Apr 2018 23:30
      VÍDEOS: AL TV 2ª Edição de sábado, 21 de abril
    • 21 Apr 2018 23:28
      VIDEOS: MG2 TV Integração Triângulo de sábado, 21 de abril  
    • 21 Apr 2018 23:23
      VÍDEOS: CETV 2ª Edição de sábado, 21 de abril
    • 21 Apr 2018 23:22
      VÍDEOS: Jornal Liberal 2ª Edição deste sábado, 21 de abril
    • 21 Apr 2018 23:21
      Mãos que Ajudam faz reforma em escolas em Suzano e Itaquaquecetuba
      Projeto ligado a igreja levou voluntários aos prédios que fizeram pintura e jardinagem. Projeto revitaliza escolas em Suzano e Itaquaquecetuba Escolas de Suzano e Itaquaquecetuba ganharam ajuda do projeto Mãos que Ajudam neste sábado (21). No total 150 voluntários do projeto ligado a Igreja de Jesus Cristo dos Últimos Dias participaram da iniciativa. Um dos prédios que ganhou reforma foi a Escola Estadual Mário Martins Pereira no Recanto Mônica em Itaquaquecetuba. ?Essa é uma ação da igreja sim. O que fazemos na parte de ação é ajudar as pessoas e uma das coisas do projeto é ajudar a comunidade com reforma de escolas e creches?, explicou André dos Santos Francos um dos organizadores da ação. Na escola estudam 1,2 mil alunos, as portas ads salas foram retiradas, as mesas e cadeiras separadas para as paredes receberam a primeira mão de pintura. ?É muito gratificante, a gente saber que estamos fazendo um projeto para ajudar a comunidade. E nos sentimos bem em saber que os alunos ficarão mais confortáveis em uma sala mais bonita?, afirmou Gilmar Gomes da Silveira um dos voluntários da ação. Os voluntários trabalharam duro durante todo o sábado. Eles fizeram até a jardinagem no terreno da escola. O representante comercial Denilson Almeida estudou na mesma escola há 15 anos e hoje ele mata a saudade da melhor forma. ?Isso é parte de uma regra de ouro que é fazer o bem porque mais tarde o bem volta para você.?
    • 21 Apr 2018 23:20
      VÍDEOS: Diário TV 2ª Edição de sábado, 21 de abril
    • 21 Apr 2018 23:19
      VÍDEOS: TEM Notícias 2ª edição de Itapetininga deste sábado, 21 de abril
    • 21 Apr 2018 23:19
      VÍDEOS: NSC Notícias de sábado, 21 de abril
    • 21 Apr 2018 23:19
      VIDEOS: MG2 TV Integração Centro-Oeste de Minas de sábado, 21 de abril