Cartão de morador é na CardPress!

Home / Cartão de morador

 

Banner Crachá de Identificação - CardPress

O crachá de identificação gera mais valor para sua empresa, aumenta a segurança do ambiente e promove interação entre seus colaboradores e clientes, além da possibilidade de marcação de ponto eletrônico através das tecnologias disponíveis como código de barras, tarja magnética, aproximação (mifare, RFID...)


Quer uma estimativa de quanto custará seu projeto de cartões PVC?

 

Veja as ofertas que temos de Cartão de morador:

 

Você pode nos enviar pedidos conforme a sua necessidade, não é obrigatório enviar a quantidade total para produção.

Como comprar crachás em PVC

Como comprar crachás


Preencha os campos abaixo, e ligamos pra você:

 

Produtos relacionados

Cartão de morador. A entrega mais rápida do Brasil.



Estados atendidos pela CardPress



Notícias da última hora:

    • 25 Apr 2019 03:31
      Mulher é morta e corpo é escondido em mala em Mauá, no ABC
      Antes de fugir, suspeito colocou mala em um guarda-roupas. Uma mulher foi morta na noite desta quarta-feira (24) e seu corpo foi escondido em uma mala deixada em um guarda-roupas de um apartamento em Mauá, na região do Grande ABC, na noite desta quarta-feira (24), informou a Polícia Militar (PM). O homem suspeito de assassinar a mulher fugiu, informou a corporação. De acordo com dedução da PM, a mulher foi estrangulada. Até o início da madrugada desta quinta (25), a vítima não havia sido identificada. O caso aconteceu no Conjunto Barão de Mauá, Parque São Vicente, por volta das 19 horas. O homem recebeu a mulher em seu apartamento no início da noite e fugiu pouco antes de sua esposa chegar e encontrar o corpo escondido na mala dentro do armário. A polícia não revelou as identificações do suspeito e de sua esposa.
    • 25 Apr 2019 03:13
      Brumadinho: as consequências para os sobreviventes e familiares das vítimas
    • 25 Apr 2019 03:02
      Seu Jorge sopra a canção 'Vento de maio', 40 anos depois da gravação de Lô Borges, em dueto com Maria Rita
    • 25 Apr 2019 02:57
      Dupla é morta a tiros após tentativa de assalto a churrascaria em Manaus, diz PM
    • 25 Apr 2019 02:47
      Sobe para 1.203 número de casos de síndrome respiratória aguda grave no AM
      Dado foi divulgado na 25ª edição do Boletim Epidemiológico da FVS-AM. A 25ª edição do Boletim Epidemiológico da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), divulgada nesta quarta-feira (24), afirma que subiu para para 1.203 número de casos da síndrome. A informação foi confirmada pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). Segundo o documento, não houve alteração no número de casos de gripe pelo vírus Influenza A (H1N1). Continuam os 120 casos positivos do boletim de segunda-feira (22). Também não houve alteração no número de óbitos por Influenza A. Dos 120 casos confirmados de H1N1 até o momento, 34 evoluíram para óbito, 26 na capital e três casos em Manacapuru, além de Parintins, Itacoatiara, Japurá, Urucurituba e Maués, com um caso cada. O Boletim dessa quarta-feira trouxe 257 casos para Vírus Sincicial Respiratório (SRV). Já o número de óbitos permanece o mesmo da semana passada ? 26, sendo 24 em Manaus e dois no interior - um em Borba e outro em Manacapuru. Outros tipos de vírus causaram cinco mortes no Estado por SRAG. Segundo a atualização do boletim, dos 63 pacientes com SRAG que evoluíram para óbitos, entre fevereiro a abril de 2019, 57 deles faziam parte de grupo de risco mais suscetíveis, o que corresponde a 90%, com destaque para crianças menores de 5 anos, idosos, pessoas com diabetes, pneumopatas, pessoas com obesidade e neuropatas.
    • 25 Apr 2019 02:34
      'Ninguém explicou o que é a nova política ainda', afirma Rodrigo Maia
      Presidente da Câmara também questionou qual é a agenda governo e disse, em entrevista à Central GloboNews, que a atual diplomacia internacional do Itamaraty "é um desastre". O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta quarta-feira (23) que "ninguém explicou o que é a nova política ainda" e criticou a associação que se faz do Parlamento com a "velha política". "É toma lá dá cá quando o Parlamento olha para o governo, mas não é toma lá dá cá quando o governo que escolher o relator da reforma da Previdência?", questionou Maia em entrevista à Central GloboNews. Ele criticou a visão de que, "quando [a influência] é na Câmara, não tem problema nenhum". "Quando é no governo, é velha política?", afirmou o presidente da Casa. "O governo tem o interesse de influenciar na escolha do relator e é legítimo", disse. "E quem tem uma agenda convergente do governo quer governar junto. Não tem nada errado nisso". Para o presidente da Câmara, é preciso "tomar cuidado para não ficar olhando o parlamentar sempre como vilão". "O que é velho e o que é novo? Ninguém me explicou ainda o que é novo. Eu sei o que é certo e o que é errado". Agenda do governo e nova política Maia afirmou que não se pode criminalizar todo tipo de indicação política no governo. "É claro que tem crime, que tem nomeação dolosa. Mas essa não pode ser a regra e nem a preocupação do governo". "Qual é a agenda do governo? Qual é a agenda do governo para a Educação? Eu não conheço. Qual é a agenda do governo nas relações internacionais? É um desastre", afirmou o presidente da Câmara. "A gente não sabe ainda qual é a agenda do governo para dizer se faz parte ou não." Durante a entrevista, Maia deu a sua opinião do que é a nova política. "A nova politica é a que o Brasil tenha um sistema democrático muito parecido com as grandes democracias ? em que o poder do Parlamento seja um poder efetivo." Ele citou os Estados Unidos, em que uma comissão mista, formada por parlamentares da Câmara e do Senado, decide e empenha o orçamento do governo americano. "Quem sabe um dia a gente consiga dar esse poder ao Parlamento brasileiro." Reforma da Previdência Rodrigo Maia disse ter certeza que a reforma da Previdência será aprovada na Câmara, mas evitou fazer uma projeção de qual será a economia. Afirmou também que as mudanças no BPC (Benefício de Prestação Continuada) e na aposentadoria rural não devem ser aprovadas e será muito difícil criar o regime de capitalização, pretendido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. "Capitalização vai ter de explicar muito bem. O custo de capitalização também é muito alto, R$ 400 bilhões em dez anos", afirmou Maia. "Qual modelo é esse? Capitalização pura? Chance zero de passar." O presidente da Câmara disse que hoje tem mais gente a favor da reforma, "mas ainda não é a maioria". E afirmou que "o governo foi omisso no começo" da tramitação, mas tem conversado constantemente com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. "As coisas estão caminhando. As coisas estão melhorando". Impeachment de Mourão Questionado sobre o arquivamento do pedido de impeachment que havia sido feito contra o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, Maia afirmou que "a Câmara não quer participar desse conflito". "O que eu entendi sobre esse caso de hoje é que há um conflito dentro do governo, que é explícito. Não tem ninguém escondendo. E a Câmara não quer participar desse conflito", afirmou o presidente da Câmara. "Eu deixar um pedido de impeachment que não tem base legal parado na minha gaveta pode sinalizar que eu quero fazer parte dessa troca de tiro." Maia afirmou que "essa briga não é minha" e que não era "interessante manter, na minha gaveta, o pedido de impedimento". "Achei por bem indeferir e sinalizar: olha, se vocês têm conflitos ? que eu acho que é um conflito ruim, porque é o Presidente do Brasil ou o seu entorno e o vice-presidente ?, a Câmara não quer participar desse conflito. Esse assunto na Câmara está encerrado."
    • 25 Apr 2019 02:33
      Tribunal de Tóquio estipula fiança de US$ 4,5 milhões para Carlos Gohsn
    • 25 Apr 2019 02:20
      Criador de 'Black mirror' vem ao Rio e diz que a série não é contrária à tecnologia
    • 25 Apr 2019 02:16
      Confira as vagas de emprego do Sine em Macapá e Santana para o dia 25 de abril
    • 25 Apr 2019 02:04
      Mototaxista é morto a tiros na Zona Norte de Manaus
    • 25 Apr 2019 01:59
      Macas retidas no HE de Macapá limitam atuação de ambulâncias do Samu
    • 25 Apr 2019 01:55
      Simm oferece dez vagas para agente funerário nesta quinta-feira; veja outras oportunidades
    • 25 Apr 2019 01:55
      Governo federal confirma repasse de R$ 3,5 milhões para consertos na SC-108
      Trecho em Guaramirim segue interditado. Deslizamento de terra atingiu estrada em fevereiro. Após vistoria, trecho da SC-108 interditado segue bloqueado em Guaramirim O Ministério do Desenvolvimento Regional confirmou o repasse de R$ 3,5 milhões para consertos na SC-108 em Guaramirim, no Norte estado, trecho atingido por um deslizamento em fevereiro. Nesta quarta-feira (24), a Defesa Civil avaliou o local e afirmou que ainda não há condições para o tráfego. O Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) faria liberação de duas das três faixas. Dois meses após o deslizamento de terra, a cratera que se formou continua no local. Parte das margens da rodovia foram roçadas para que o trânsito possa ser liberado pelo Deinfra de forma paliativa. O anúncio da verba vinda do governo federal foi feito na terça-feira (23). O ministério não informou quando o montante será liberado. O recurso também contempla o projeto de recuperação do sistema de drenagem do morro próximo à rodovia. O Deinfra ainda não tem data para o começo das obras, mas informou que elas vão ser feitas com dispensa de licitação. Tráfego Em relação à liberação paliativa do tráfego, uma equipe do Deinfra chegou a instalar na manhã desta quarta placas de sinalização indicando que a rodovia seria liberada. Mas a vistoria da Defesa Civil concluiu que o trecho ainda apresenta risco aos motoristas. "Vamos sentar para discutir as questões. E aí a gente vai propor. Se tiver condições de ser liberado, a gente vai propor quais são as medidas de segurança para o local", afirmou o coordenador regional da Defesa Civil, Osvaldo Gonçalves. A avaliação da Defesa Civil é de que toda a área precisa de um novo estudo - mais aprofundado - para identificar o que precisa ser feito. Isso porque a rodovia passa ao lado de um morro que está com o solo bastante comprometido e há risco de novos deslizamentos. A Defesa Civil prevê entregar até o fim da semana um relatório de obras emergenciais para que o Deinfra possa liberar a rodovia. Apesar da interdição, muitos motoristas têm furado o bloqueio. "Não vale o risco porque a gente sabe da questão aqui e de uma hora para outra pode voltar a ter o deslizamento", afirmou o coordenador regional da Defesa Civil. SC-108 Esse trecho da SC-108 é uma das principais ligações entre Guaramirim e Blumenau, no Vale do Itajaí, e por onde passa boa parte da produção da cidade. A estimativa é que mais de 15 mil veículos passem pelo local todos os dias. Em 18 de fevereiro, o deslizamento de terra que formou a cratera na rodovia atingiu 12 casas, destruindo seis. Estradas também precisaram ser interditadas e o município suspendeu as aulas no dia. Um posto de saúde também não funcionou. Uma semana depois, a Defesa Civil do município interditou temporariamente 68 imóveis e as famílias ainda não puderam voltar para as casas. Veja mais notícias do estado no G1 SC
    • 25 Apr 2019 01:52
      VÍDEOS: ESTV 1ª Edição de quarta-feira, 24 de abril
    • 25 Apr 2019 01:48
      Mais de 500 doses de vacina são perdidas após vandalismo em Sapiranga
    • 25 Apr 2019 01:39
      Quase 750 mil declarações de Imposto de Renda já foram enviadas para Receita Federal na Bahia
    • 25 Apr 2019 01:35
      Jovem de 19 anos é preso por tráfico de drogas em Jaru, RO
    • 25 Apr 2019 01:35
      Paraná, quarta-feira, 24 de abril de 2019
    • 25 Apr 2019 01:32
      Clínica Escola para Autismo é tema de sessão especial na Alepa, em Belém
    • 25 Apr 2019 01:29
      VÍDEOS: JAM 2ª Edição de quarta-feira, 24 de abril de 2019
    • 25 Apr 2019 01:24
      VÍDEOS: ESTV 2ª Edição de quarta-feira, 24 de abril
    • 25 Apr 2019 01:19
      SineBahia tem vagas para Salvador e cidades do interior da BA nesta quinta; confira
    • 25 Apr 2019 01:17
      Sarau Literário reúne teatro, música e exposição fotográfica em Vilhena, RO
    • 25 Apr 2019 01:15
      Governo do Rio Grande do Sul anuncia convocação de 250 agentes penitenciários
      Aprovados em concurso serão chamados para compor o efetivo da Susepe. Relação dos nomes será publicada no Diário Oficial do Estado nos próximos dias. O governo do Rio Grande do Sul anunciou nesta quarta-feira (24) a convocação de 250 novos agentes penitenciários para compor o efetivo da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). Uma relação com os nomes será publicada no Diário Oficial do Estado nos próximos dias. Do total de convocados, 50 serão agentes penitenciários administrativos. A projeção do governo é de que o curso de formação dos novos servidores tenha início em até 40 dias. Conforme o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, o reforço no será fundamental para os planos do governo de abrir a penitenciária de Sapucaia do Sul e o presídio de Alegrete. ?O nosso programa estruturante RS Seguro tem o sistema prisional como um dos principais eixos. O chamamento dos novos agentes nos ajudará a atingir os nossos objetivos nessa área?, explica Vieira.
    • 25 Apr 2019 01:09
      PM é alvejado durante patrulhamento de rotina na Grande Fortaleza
      O agente de segurança foi socorrido por um helicóptero da Ciopaer para o hospital. Um policial militar (PM) foi alvejado com um tiro na perna durante patrulhamento de rotina em Cascavel, na Grande Fortaleza, na noite desta quarta-feira (24). O agente de segurança foi socorrido e seu estado de saúde é estável. Por meio de nota, a Polícia Militar informou que soldado pertence ao efetivo do Comando de Policiamento de Rodas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) do município e ele estava realizando diligências de rotina, com sua equipe, quando foi alvejado. Os disparos foram feitos quando a composição entrou em uma rua da região. O policial foi socorrido por uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) para o hospital Instituto Doutor José Frota (IJF).
    • 25 Apr 2019 01:09
      Idoso morre após ser atropelado por motociclista, em Londrina
      Acidente foi no início da noite desta quarta-feira (24), na Zona Norte da cidade. Idoso morre atropelado na zona norte de Londrina Um idoso morreu depois de ser atropelado por um motociclista no início da noite desta quarta-feira (24), em Londrina, no norte do Paraná, de acordo com o Corpo de Bombeiros. O acidente aconteceu na Avenida Henrique Mansano, próximo ao cartódromo da cidade, na Zona Norte. A vítima, de 75 anos, chegou a ser socorrida, mas morreu dentro da ambulância, segundo os bombeiros. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
    • 25 Apr 2019 01:08
      Aumento de R$ 2 milhões no valor anual de emendas parlamentares por deputado estadual é aprovado em primeira votação na Alepe
    • 25 Apr 2019 01:05
      Justiça do Texas executa segundo supremacista branco que participou de assassinato em 1998
    • 25 Apr 2019 01:04
      Suspeito de balear homem em ponto de ônibus no bairro do Canela, em Salvador, é preso
    • 25 Apr 2019 01:02
      Senado aprova MP que viabiliza aplicação de recursos do FGTS em empréstimos para Santas Casas
    • 25 Apr 2019 01:01
      Alunos de escola que pegou fogo, em Branquinha, AL, voltam às aulas
    • 25 Apr 2019 01:00
      VÍDEOS: JRO 2ª edição de quarta-feira, 24 de abril de 2019
    • 25 Apr 2019 00:57
      Aeroporto de Manaus conquista 2ª posição no ranking de satisfação de passageiros, aponta Infraero
    • 25 Apr 2019 00:57
      Procon Maceió orienta sobre direitos de consumidores com voos cancelados pela Avianca
      Companhia cancelou 32 voos que partiriam ou chegariam a Maceió até domingo (28). Procon Maceió fala sobre cancelamentos de voos da Avianca O Procon Maceió orientou consumidores que compraram passagens pela Avianca e tiveram voos cancelados. Em entrevista ao AL2 desta quarta-feira (24), o diretor do Procon Maceió, Leandro Almeida, explicou o que pode ser feito. A companhia cancelou 32 voos que partiriam ou chegariam a Maceió até domingo. A recomendação é que o consumidor que tiver comprado passagens da companhia para os próximos dias e semanas procure a empresa para saber a situação do seu voo. O passageiro tem direito ao ressarcimento e também tem direito de realocamento em outro voo. O Procon reforça que o consumidor pode acionar a Justiça por danos morais caso não consiga a devolução do dinheiro ou a realocação em outro voo. "Para os consumidores que ainda que realizem a viagem ou não realizem em virtude de todo esse contratempo, esse consumidor não perde o direito de ingressar com uma ação judicial", disse Leandro Almeida. O diretor do Procon Maceió também orienta quem comprou passagem por agência de viagens ou site de vendas de passagens. "Aqueles que compraram com agências de viagem. Esses estão além de estarem cobertos pela própria Avianca, também serão cobertos pelas próprias agências, porque o código prevê que eles são responsáveis solidários por toda a contratação que o consumidor fez", disse Leandro Almeida. O número do Procon Maceió é 0800 082 4567 Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    • 25 Apr 2019 00:53
      VÍDEOS: RBS Notícias desta quarta-feira, 24 de abril
    • 25 Apr 2019 00:53
      Em dez anos, Prefeitura de Ribeirão Preto deixou de pagar dívida de R$ 81 milhões ao Daerp
    • 25 Apr 2019 00:52
      Batida entre carro e moto deixa jovem ferido no Centro de Guarapuava
    • 25 Apr 2019 00:47
      Petrobras abre programa de demissão voluntária
    • 25 Apr 2019 00:47
      Mutirão de conciliação é realizado em Belém nesta quinta
    • 25 Apr 2019 00:47
      Travessia de passageiros tem nova paralisação entre Santos e Guarujá, SP